A paisagem em transformação: o planejamento do território como catalisador do equilíbrio entre desenvolvimento econômico e socioambiental em Seropédica

Authors
Alcantara, Denise De
Publication Year
2014
Language
Portuguese
Format
conference paper
Status
Published version
Description
Este artigo apresenta os resultados parciais da investigação sobre a morfologia da paisagem e os processos de construção do espaço urbano e periurbano em Seropédica, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, deflagrados por Grandes Projetos de Investimentos como a inserção do Arco Metropolitano, com impactos socioambientais significativos na paisagem e território sem o estabelecimento de critérios para sua mitigação ou compensação. Estudos recentes indicam Seropédica como um futuro polo logístico estratégico, próximo ao Porto de Itaguaí, com grande potencial para a ocupação desordenada e desprovida de qualidade dos vastos espaços livres, com valorização da terra e incipiente expansão urbana desde início das obras do Arco com empreendimentos habitacionais e industriais, de suporte logístico e retroportuário. Com a premissa de que planos de desenvolvimento territorial devem ter a paisagem como ponto de partida e seus espaços livres pensados como sistemas integrados para a construção social do espaço, a pesquisa integra a análise de políticas e planos de desenvolvimento municipal e a identificação de transformações e conflitos na apropriação e gestão territoriais. Busca-se o aprofundar o entendimento dos impactos socioambientais na região, identificando e categorizando as unidades de paisagem; promovendo o diálogo entre academia e gestores públicos; e propondo diretrizes para a revisão do Plano Diretor Municipal e aplicação nas instâncias regulatórias de ocupação.
This essay presents preliminary results of the investigation on the landscape morphology and urban and periurban space building processes in Rio de Janeiro’s Metro Region city of Seropédica, fomented by large investments projects, as the Metropolitan Ring Road that caused significant social and environmental impacts on the landscape and the territory, without establishing balanced criteria for their mitigation or compensation. Recent studies point out Seropédica, with close proximity to the Itaguaí Port, as a future strategic and logistic node, with also large potential for the inadequate, disorganized and unqualified occupation of its vast open spaces, while land prices have raised and an incipient urban growth, with housing and industrial new developments, is observed since the beginning of the Ring Road construction. The premise is that territorial development plans must have landscape as the starting point and its open spaces thought as a whole integrated system for the space social construction. The research deals with the analysis of politics and planning programs and with identifying transformations and conflicts in the territory’s appropriation and governance. It seeks for a comprehensive understanding of social and environmental impacts, identifying and categorizing landscape units, promoting the dialog between academy and public administration, and proposing guidelines for the revision of the City’s Master Plan and its possible application by regulatory agencies.
Eje 2: Forma y estructura urbana, organización del territorio, orientación del crecimiento.
Facultad de Arquitectura y Urbanismo
Subject
Arquitectura
Urbanismo
unidades de paisagem
espaços livres
crescimento urbano
Access level
Open access
License
Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International (CC BY-NC-ND 4.0)
Repository
SEDICI (UNLP)
Institution
Universidad Nacional de La Plata
OAI Identifier
oai:sedici.unlp.edu.ar:10915/54850