Arquitetura da planta e diversidade de galhas associadas à <i>Copaifera langsdorffii</i> (Fabaceae)

Authors
Vieira Da Costa, Fernanda; Fagundes, Marcílio; De Siqueira Neves, Frederico
Publication Year
2010
Language
Portuguese
Format
article
Status
Published version
Description
O comportamento de induzir galhas provavelmente surgiu como um mecanismo de defesa contra adversidades climáticas e/ou refúgios contra inimigos naturais. Várias hipóteses foram propostas para explicar o padrão de distribuição e abundância desses herbívoros em suas plantas hospedeiras. Por exemplo, a hipótese da arquitetura da planta prediz que plantas arquiteturalmente mais complexas apresentam maior diversidade de herbívoros. Este estudo teve como objetivos avaliar o efeito da arquitetura da planta hospedeira na diversidade de galhas e determinar o esforço amostral mínimo para coleta representativa da fauna de galhadores. Cinquenta indivíduos arbóreos de C. langsdorffii foram selecionados para caracterização da arquitetura (altura, CAP, número de ramificações de primeiro, segundo e terceiro nível, área e volume da copa) e da riqueza e abundância de galhas. Um total de 23 morfotipos de galhas foi encontrado em C. langsdorffii. A curva de rarefação de espécies de galhas por indivíduo amostrado indicou que a saturação de espécies ocorre próxima a décima árvore amostrada. A complexidade arquitetônica não afetou a riqueza e abundância de galhas. Este estudo oferece uma nova metodologia para padronizar o método de amostragem de galhas em espécies arbóreas do Cerrado.
Galling insects induce tumors on their host plants in response to climatic adversities and as a protection against natural enemies. Among several hypotheses that explain differences in the distribution and abundance of galling-inducing insects, the plant architecture hypothesis stresses the influence of host plant architecture (e.g., a combination of life form, plant height, and number of shoots, branches and leaves in relation to crown volume). The aims of this study was to evaluate the effects of host plant architecture on gall species diversity and to determine the sample effort to perform a representative collect of the galling insects fauna. On fifty C. langsdorffii trees, we determined both architectural variables (i.e. height, DBH, number of ramifications of the first, second and third level, and crown area and plant volume) and gall richness and abundance. We found a total of 23 gall morphotypes associated with host plant C. langsdorffii. The gall richness and abundance were not affected by host plant architecture. Rarefaction curves indicated that ten individuals and 14 shoots per plant are sufficient to sample all gall morphotypes associated with C. langsdorffii. The study suggest a new methodology to sampling galls in this tropical tree species.
Source
Ecol. austral 2010;020(01):009-017
Subject
complexidade arquitetônica
esforço amostral
insetos indutores de galhas
pau d`oleo
super-hospedeiro
architectural complexity
gall inducing insects
tropical tree
sampling effort
super-host
Access level
Open access
License
http://creativecommons.org/licenses/by/2.5/ar
Repository
Biblioteca Digital (UBA-FCEN)
Institution
Universidad Nacional de Buenos Aires. Facultad de Ciencias Exactas y Naturales
OAI Identifier
ecologiaaustral:ecologiaaustral_v020_n01_p009